terça-feira, 17 de outubro de 2017

Paixão

Aquele ardor no estômago, aquela ansiedade que nos tira o ar, aquela alegria desmedida, aquele sorriso estúpido na cara, aquela vontade de abraçar e apertar. Um sentimento que vem e que vai e que por vezes volta e outras não.
Sou de paixões.
Por causa das paixões já fui pintora, ginasta, escritora, patinadora, exploradora e investigadora , decoradora, fotografa e agora sou ciclista. Esta última bateu-me forte e não me larga.
Por causa das paixões já fui louca por homens, mulheres, animais, trabalho e até por coisas.
Por causa das paixões já cometi loucuras. Por causa das paixões já chorei e já ri muito, já fiz coisas incríveis e já deixei outras por fazer.
Tenho paixões recorrentes e uma delas vai e vem há para aí uns trinta anos e tenho mais duas que nunca me passaram  nem vão passar. Essas chamam-se filhos. Além disso sou de paixões, todos os dias me apaixono, todos os dias sinto algumas borboletas na barriga de um lado para o outro e o meu pequeno coração transborda. Tanto que não sei o que lhe faça.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Hoje não há mesmo palavras....

Está foto não é minha mas transmite o que sinto.
Às fotos horríveis não são boas de ver....

domingo, 15 de outubro de 2017

O inferno de Dante

Estão 28 graus, o vento muda constantemente de direção e o fogo alastra assustadoramente devorando tudo o que encontra..... Não há palavras quando se vive tal coisa de perto.
S. Pedro de Moel, Marinha Grande, Vieira de Leiria e Pedrogão, tudo devastado e o inferno continua.
Medo do que praí vem esta noite.



Assustador!

Desolador, assustador ver que o fogo vem a passos largos da mata no sentido das casas. Custa a respirar, o vento é super quente e o fumo rodopia. Pensei que este ano o Pinhal de Leiria escapara aos dementes malvados, enganei-me. Ainda esta manhã pedalei por lá à procura do fresco, tão feliz por poder usufruir de tamanha beleza natural. Nem quero pensar como vão ficar aqueles lugares lindos, e mágicos...
Aparentemente começou em vários lugares ao mesmo tempo, como de resto quase todos os fogos postos e rapidamente se espalhou com o vento... Se foi posto só espero que os responsáveis ardam
neste inferno :(


quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Só problemas...

- Levantar a meio da noite para fazer xixi é sinal de que se está a ficar velha ou é porque bebemos muito ao jantar?
- Ir para o trabalho de madrugada para apanhar um lugar no estacionamento principal e não apanhar e acabar por cagar os sapatos de pó branco e esfodaçar os saltos nas pedras e ter de passar o tempo que chegamos antes a limpa-los e não a adiantar trabalho é sinal que ainda devia ter chegado mais cedo ou que não vale a pena estar com essas merdas?
- Vestir de manhã uma camisa de manga comprida porque é outono e está frio e passar o dia esgramelada de mangas arregaçadas e a morrer de calor é sinal que estou baralhada e sou uma inadaptada ou o tempo está maluco?
- Trazer a marmita e descobrir que o prato do dia no restaurante ao lado é lasanha e deixar de lado a marmita e não pensar noutra coisa toda a manhã é sinal de quê vá?
Problemas, a minha vida é só problemas.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Insania

Enquanto fazia desenhos na areia com os pés e apanhava conchas, enquanto andava e se deixava acariciar pelo sol e pelas pequenas ondas do mar ia deixando se levar pelos outros. Eles à frente naquele passo certo e seguro, elas atrás tagarelando alegremente e ela entre eles, caminhando em silêncio pensando em como se estranha em certos dias e horas, em como tantas vezes se sente bem em silêncio no meio do barulho, em como se acha uma solitária lá no fundo. Há dias em que gosta de se deixar conduzir mas noutros sente-se vazia lá dentro por se deixar apagar e anular. Nesses dias vê o mundo por fora calmamente, aparentemente, porque lá dentro.... Lá dentro há uma chama que arde, intensamente.